O Tempo elástico

Tenho estado muito atenta à minha relação com o Tempo.

Percebi que compromissos com hora marcada tendem a me deixar desconectada, ansiosa, irritada e acima de tudo controladora.

Percebi que  um dia com encadeamento seqüencial de eventos pré-marcados deixa minha alma adormecida.

Percebi que o trabalho não precisa preencher o inteiro intervalo de 9hs às 18hs.

Percebi que preciso ficar mais em casa, pisando no meu chão. Isso me organiza.

Percebi que meditar no inicio da manhã faz o Tempo render muito mais.

Percebi que posso ter Tempo para tudo o que eu quiser.

Percebi que o Tempo pode ser elástico.

Percebi que estar mais solta das obrigações tem me dado dias longos e recheados.

Percebi que posso fazer tudo o que preciso fazer em muito menos Tempo.

Percebi que a Presença faz o Tempo ser mágico.

Uma mudança de paradigma está tomando corpo. Minha relação com o trabalho está mudando radicalmente. Não sinto mais a obrigação de comparecer ao meu posto, à minha empresa diariamente e estar ligada nisso o dia inteiro. Sinto liberdade para me ligar a outras experiências: cuidar de filhos, cozinhar, meditar, escrever meus sonhos, fazer as funções da casa, ler, encontrar amigos e familiares, olhar nos olhos…

Sinto uma vibração muito maior para agir quando estou solta, quando posso criar o meu dia. Surpresas podem acontecer, sonhos podem se realizar. E o trabalho acontece com mais foco, mais segurança e mais alegria porque não estou presa a ele, posso entrar e sair dessa relação.

Quanto mais ativa estou na Vida, mais elástico o Tempo se mostra. Tenho vivido dias tão inteiros e recheados que quando deito para dormir sinto-me alimentada. Muito diferente do corre-corre automático que me esvaziava e entristecia.

Precisamos nos sintonizar com o que nos faz bem e dar o Tempo necessário para essas atividades. Não de forma auto-indulgente ou hedonista, mas com auto-responsabilidade.

Sim podemos parar e contemplar o pôr do sol, acender um incenso, tomar um chá, deitar na rede e sentir o cheirinho da filha. Não seremos atropelados pelo Tempo, nem pela morte, até porque da morte não poderemos mesmo fugir.

Mandala

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s